Notícias

Confira quem aprovou a MP 905 na Câmara e prepare-se para lutar contra no Senado

Um total de 322 deputados federais traiu a classe trabalhadora e, em plena pandemia do novo coronavírus, aprovou a Medida Provisória (MP) nº 905, da Carteira Verde e Amarela, de Jair Bolsonaro, que tira direitos trabalhistas, ao invés de aprovar medidas que protejam os trabalhadores durante a crise provocada pela Covid-19.

 
16/04/2020 - CUT
LEIA MAIS >
Justiça determina que Nova Iguaçu forneça materiais de proteção para servidores da saúde

A juíza Alessandra Ferreira Mattos Aleixo, da 5ª Vara Cível de Nova Iguaçu, expediu uma liminar determinando que a prefeitura da cidade forneça equipamentos de proteção individual (EPIs) a todos os servidores do setor da saúde, que estão envolvidos diretamente no combate ao novo coronavírus no município da Baixada Fluminense. Entre os materiais que deverão ser fornecidos estão gorros, álcool em gel, máscaras cirúrgicas, aventais, luvas e óculos de proteção e protetor facial.

 

14/04/2020 - Sandro Cezar
LEIA MAIS >
CNTSS/CUT, CUT e sindicatos sugerem adicional de 40% para trabalhadores da saúde

Um adicional de insalubridade de 40% para os trabalhadores e as trabalhadoras da saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19 foi sugerido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS/CUT), CUT e outras entidades a deputados que transformaram a proposta no Projeto de Lei nº 744/2020, de autoria dos deputados federais Carlos Veras (PT/PE) e José Ricardo (PT/AM).

14/04/2020 - José Carlos Imprensa CNTSS/CUT
LEIA MAIS >
Veja calendário de pagamento dos R$ 600 e quem são os primeiros informais a receber

A primeira das três parcelas do Auxílio Emergencial de R$ 600 para trabalhadores e trabalhadoras informais começam a ser pagas pelo governo federal nesta quinta-feira (9).

08/04/2020 - CUT
LEIA MAIS >
VF de Magé publica edital para projetos de até 50 mil reais para combate ao COVID-19

A Vara Federal Única de Magé tornou público o edital para seleção de propostas de entidades públicas que visem à aquisição de materiais, equipamentos ou insumos de saúde a serem utilizados pelos profissionais da saúde ou para custeio de ações necessárias ao combate à pandemia de Covid-19.

06/04/2020 - Ascom/JF
LEIA MAIS >
COVID-19: sem o SUS seria o caos

É preciso denunciar que os ataques ao SUS são muitos nos últimos anos, a exemplo a Emenda Constitucional nº 95, que, aprovada pelo Congresso Nacional, congelou os gastos públicos por 20 anos

05/04/2020 - Sandro Cezar
LEIA MAIS >
CNTSS/CUT realiza campanha em defesa dos trabalhadores dos serviços essenciais

A defesa dos trabalhadores das áreas de serviços essenciais é fundamental para preservação de suas vidas e de seus familiares neste período de combate à pandemia do coronavírus (Covid-19). Esta tem sido uma das prioridades da CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social que, em conjunto com suas entidades filiadas, Sindicatos e Federações, vem estabelecendo estratégias para cobrar dos governantes e empresários medidas eficazes de segurança para estes trabalhadores

05/04/2020 - CNTSS/CUT
LEIA MAIS >
Rejeitadas liminares em mais quatro ADIs contra alterações trabalhistas durante pandemia

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF) indeferiu pedido de medida liminar em mais quatro Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADI) ajuizadas contra dispositivos da Medida Provisória (MP) 927/2020, que autoriza empregadores a adotarem medidas excepcionais em razão do estado de calamidade pública declarado diante da pandemia do novo coronavírus.

05/04/2020 - Assessoria Supremo Tribunal Federal
LEIA MAIS >
Conheça as regras do benefício emergencial de R$ 600

Aprovado pela Câmara e pelo Senado, o auxílio emergencial de R$ 600 é uma renda emergencial básica por três meses para pessoas que ficaram sem rendimentos em razão da pandemia de Covid-19, como vendedores ambulantes, feirantes e outros trabalhadores informais.

05/04/2020 - Agência Câmara
LEIA MAIS >
Emenda de Cortes de Salários de Servidores Foi Rejeitada

A pressão das bancadas do PT/PSOL/PCdoB e de outros partidos de oposição junto com os sindicato do funcionalismo federal impuseram  uma grande derrota ao Governo Bolsonaro quando conseguiram rejeitar as emendas de cortes de salários de servidores na chamada PEC do Orçamento de Guerra contra o COVID19.

Ona  Partido Novo decidiu fazer obstrução à PEC do "orçamento de guerra" após decisão que inadmitiu duas emendas do partido: a que cortava em até 50% salários de servidores públicos; e a que transferia o dinheiro do fundo de campanhas eleitorais para o combate ao coronavírus.

03/04/2020 - Sandro Cezar
LEIA MAIS >
SINTSAÚDERJ © Todos os direitos reservados. Implementação de conteúdo e material fornecidos pelo administrador.