Notícias

Não foi acidente, foi crime!


A Vale do Rio Doce é, mais uma vez, responsável por um desastre criminoso em Minas Gerais. Não foi uma tragédia. Poderia ter sido evitada com manutenção, investimentos em itens de segurança e fiscalização. Foi um crime. A empresa é reincidente e precisa ser punida com severidade. E é pela punição da Vale, pelo respeito à classe trabalhadora e à comunidade local que a CUT vai lutar.

As vítimas do rompimento da barragem da empresa, em Mariana, que ainda clamam por justiça e lutam contra as manobras judiciais da direção da Companhia para receber suas indenizações, viram o horror se repetir em Brumadinho, quando outra barragem da Vale se rompeu, nesta sexta-feira (25).

 

28/01/2019 - Executiva Nacional da CUT
LEIA MAIS >
Entidades sindicais são recebidas pelo novo Coordenador de Gestão Pessoas do MS

Na tarde de ontem(21/01), o SINTSAUDERJ, CNTSS/CUT, FENASPS e CONDSEF participaram da reunião da Mesa Nacional de Negociação do Ministério da Saúde em que foi apresentado o novo Coordenador Geral de Gestão de Pessoas do Ministério da Saúde, Ademir Lapa. 

Na oportunidade o tema que foi tratado como emergencial foi a retirada do adicional de insalubridade dos trabalhadores do Ministério da Saúde.

22/01/2019 - Sandro Cezar
LEIA MAIS >
PEC 300/16 aprofunda Reforma Trabalhista dando-lhe caráter constitucional

Com a crença mitológica que é possível melhorar o mercado de trabalho mitigando ou retirando direitos, os poderes Executivo e Legislativo, em sintonia e capturados pelo mercado, dão continuidade e mais efetividade à Reforma Trabalhista, segundo à lógica do capital. Do lado do governo, tratou de enviar a MP 870/19, que acabou com o Ministério do Trabalho (MTb) e do outro lado, no Poder Legislativo, foi apresentado agora em janeiro parecer favorável à chamada PEC da Reforma Trabalhista (PEC 300/16).

22/01/2019 - Agência DIAP
LEIA MAIS >
MP 871/19: regras mais duras para acesso a benefícios do INSS

Governo endurece regras para acesso a benefícios previdenciários

O governo Jair Bolsonaro (PSL) enviou 2ª medida provisória que busca fazer reavaliação de benefícios de natureza previdenciária, assistencial, trabalhista ou tributária que deve ser apreciado em fevereiro pelo Congresso Nacional.

 

 

22/01/2019 - Agência DIAP
LEIA MAIS >
Nota das Centrais Sindicais Sobre a Reforma da Previdência

Reunidas nesta terça-feira (15), as centrais sindicais (CSB, CTB,CUT, Força Sindical, Nova Central, CSP - Conlutas, Intersindical e CGTB) reafirmaram sua posição contrária a qualquer proposta de reforma que fragilize, desmonte ou reduza o papel da Previdência Social Pública.

16/01/2019 - Redação CUT
LEIA MAIS >
SINTSAÚDERJ garante na justiça adicional de insalubridade

O Sindicato dos Trabalhadores no Combate às Endemias e Saúde Preventiva no Estado do Rio de Janeiro - SINTSAÚDERJ, ajuizou Mandado de Segurança na Justiça Federal requerendo que fosse suspensa, imediatamente, a retirada do adicional de insalubridade dos Guardas de Endemias, dos Agentes de Saúde Pública e dos Agentes de Combate às Endemias do Ministério da Saúde.

14/01/2019 - Sandro Cezar
LEIA MAIS >
Todos ao NERJ contra a retirada do adicional de insalubridade

Todos ao NERJ na próxima segunda-feira

Em razão do risco da retirada da insalubridade em decorrência da migração para o novo módulo convocamos a categoria para comparecer na próxima segunda-feira, 14 de janeiro de 2019, às 10:00 horas, na porta do NERJ, situado a Rua México nº 128, Centro do Rio de Janeiro.

A vida quer é coragem!

Nenhum direito a menos!

12/01/2019 - SINTSAÚDERJ
LEIA MAIS >
Proposta pretende sustar decreto sobre a terceirização na administração pública federal

O Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 1063/18 pretende sustar o Decreto 9.507/18. A norma entra em vigor no dia 21 de janeiro e dispõe sobre a terceirização na administração pública federal direta, autárquica e fundacional e das empresas públicas e das sociedades de economia mista controladas pela União.

08/01/2019 - Agência Câmara de Notícias
LEIA MAIS >
Proposta de Reforma da Previdência será a mesma de Temer

A princípio, a proposta de aposentadoria seria de 62 anos como idade mínima para os homens e 57 para as mulheres

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) revelou nesta quinta-feira (3/1), na sua primeira entrevista após a posse, ao telejornal SBT Brasil, que deverá realmente aproveitar o projeto da reforma da Previdência levado pelo ex-presidente Michel temer à Câmara. A princípio, a proposta de aposentadoria seria de 62 anos como idade mínima para os homens e 57 para as mulheres.

 

04/01/2019 - SINTSAUDERJ
LEIA MAIS >
Extinção do Ministério do Trabalho é questionada no Supremo Tribunal Federal

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) ja teve uma de suas medidas questionada no Judiciário. A primeira medida provisória publicada pelo recém-empossado chefe do Executivo se tornou alvo de ação no Supremo Tribunal Federal com questionamentos sobre a extinção do Ministério do Trabalho. 

A MP 870 reorganizou a estrutura administrativa do governo federal, conforme o que vinha anunciando o presidente durante o período de transição. Ela foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União, nesta terça-feira (1º/1), depois das solenidades da posse. 

 

03/01/2019 - CONJUR
LEIA MAIS >
SINTSAÚDERJ © Todos os direitos reservados. Implementação de conteúdo e material fornecidos pelo administrador.